Projeto: HISTÓRIA DAS ILHAS DE CABO VERDE – História Concisa da ilha de Santiago

No âmbito das suas atribuições, o Arquivo Nacional de Cabo Verde (ANCV) e o Instituto do Património Cultural (IPC), vêm desenvolvendo uma série de atividades, visando o conhecimento cada vez mais profundo da história do país. Neste sentido, as ações de sensibilização traduzidas em encontros de reflexão sobre a história, a cultura e o património, mas também a promoção da pesquisa sobre a História das ilhas de Cabo Verde, conduziram-nos à conclusão do quão urgente e necessário é a construção da história dos micro-cosmos nacionais.
Este projeto enquadra-se dentro da lógica da salvaguarda das particularidades, das identidades locais e dos aspectos comuns; dos usos; dos costumes; do património enquanto vector do turismo e do desenvolvimento local; dos sítios e acontecimentos que unitariamente configuram a nossa história enquanto povo e apenas passíveis de se conhecer através da historiografia local, abrindo novos caminhos e novos temas de investigação no âmbito da historiografia nacional potenciando um melhor conhecimento das ilhas, do seu passado e presente.

O projeto visa a produção de uma compilação de estudos, traduzidos em nove volumes, sobre as ilhas de Cabo Verde, com destaque para a valorização da memória e história local.
Conhecer a História das Ilhas de Cabo Verde constitui o objetivo geral do projeto que visa alcançar os seguintes objetivos específicos:

  1. Entender o processo histórico na formação da história local
    Promover o estudo das ilhas nas suas diferentes dimensões e especificidades
    Valorizar a história local como ferramenta no processo de ensino aprendizagem e de promoção da cultura identitária
    • Valorizar as fontes orais, escritas e materiais na preservação, difusão e construção do saber científico sobre as memórias de uma coletividade local.

     Projetos e Programas – Recuperação dos Acervos Documentais de Cabo Verde, no Arquivo Histórico Ultramarino, em Portugal, 2019-2021.

    Este projeto visa facilitar, expandir e democratizar o acesso às fontes históricas do Cabo Verde Colonial; estudar, tratar e digitalizar toda a documentação que foi encontrada, no Arquivo Histórico Ultramarino (AHU) propiciando a melhoria de prestação de serviço público de qualidade, aos seus utilizadores de várias áreas do conhecimento científico (História, História da Arte, Educação, Filologia, Musicologia, Paleografia, Sociologia, Antropologia, Património Cultural, etc.), proporcionando ainda aos seus pesquisadores a possibilidade de fruírem de documentos de interesse para a historiografia cabo-verdiana entre os séculos XVII-XIX e também aumentar a pesquisa sobre Cabo Verde, através de indexação e publicação de catálogos em formato digital e papel, que serão disponibilizados nas nuvens a todos os investigadores do mundo, particularmente, os da CPLP e dos PALOP.
    Para a implementação do projeto foi assinado um protocolo de cooperação entre o Arquivo Nacional de Cabo Verde e o CAMÕES, IP – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P.

    Coleção História das Ilhas de Cabo Verde: da descoberta à atualidade.
    O Projeto visa a produção científica de uma coleção de estudos sobre a História de Cabo Verde, com destaque para a valorização da memória e para a compreensão da história local (ilhas), realçando os aspetos relacionados com: a administração, a economia e a sociedade. Numa altura em que tanto se fala da necessidade de se optar por um modelo turístico em Cabo Verde que respeite as singularidades de cada ilha, mantendo a essência da Cultura Cabo-verdiana, a História deverá ser chamada para dar a sua contribuição. E as ilhas de Cabo Verde possuem, aspetos interessantes, que devidamente estudados, são pormenores que além de contribuírem para a promoção do conhecimento no domínio das ciências sociais e humanas, contribuem para a promoção cultural e turística.
    A abordagem da História Local, a partir de fontes primárias, permitirá trazer alguma novidade relativamente a pormenores, porventura ainda pouco conhecidos, possibilitando, deste modo, a divulgação do acervo desta instituição e a promoção da sua importância enquanto fonte de conhecimento.

     Recuperação dos Acervos Documentais de Cabo Verde, no Arquivo Histórico Ultramarino, em Portugal, 2019-2021.

    Este projeto visa facilitar, expandir e democratizar o acesso às fontes históricas do Cabo Verde Colonial; estudar, tratar e digitalizar toda a documentação que foi encontrada, no Arquivo Histórico Ultramarino (AHU) propiciando a melhoria de prestação de serviço público de qualidade, aos seus utilizadores de várias áreas do conhecimento científico (História, História da Arte, Educação, Filologia, Musicologia, Paleografia, Sociologia, Antropologia, Património Cultural, etc.), proporcionando ainda aos seus pesquisadores a possibilidade de fruírem de documentos de interesse para a historiografia cabo-verdiana entre os séculos XVII-XIX e também aumentar a pesquisa sobre Cabo Verde, através de indexação e publicação de catálogos em formato digital e papel, que serão disponibilizados nas nuvens a todos os investigadores do mundo, particularmente, os da CPLP e dos PALOP.
    Para a implementação do projeto foi assinado um protocolo de cooperação entre o Arquivo Nacional de Cabo Verde e o CAMÕES, IP – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P.