O Instituto do Arquivo Nacional de Cabo Verde recebe incorporações de arquivos provenientes de entidades públicas e privadas, conforme a legislação em vigor e fornecerá todo o apoio necessário à sua concretização.

A Solicitação de incorporação de arquivos é feita de forma oficial através de pedido, enviado através do correio eletrónico ou suporte analógico, mediante o preenchimento do formulário, que estará disponível para o efeito.

As incorporações de arquivos serão precedidas, obrigatoriamente, de processos de avaliação, seleção e eliminação definidos e ainda, após os procedimentos de inventariação, higienização e acondicionamento em unidades de instalações (caixas, caixotes, pastas) apropriadas.

Relativamente aos livros de registos provenientes das Conservatórias de Registo Civil, estes serão incorporados nas instalações do IANCV, após os assentos (batismos, nascimentos, casamentos e óbitos, completarem 100 anos. A transferência é feita de cinco em cinco ano.

Igualmente, após setenta anos da sua produção, a documentação do Cartório Notarial, deverá ser transferida aos depósitos do Arquivo Nacional.